Apple revisa diretrizes controversas sobre Apps criados a partir de Plataformas

Apple volta atrás em sua diretriz que supostamente atingem Plataformas de Criação de Apps

 

A Apple anunciou uma alteração na diretriz da App Store que proibiu aplicativos criados usando modelos e outros serviços de geração de aplicativos. Quando a empresa revisou suas políticas no início deste ano , a mudança foi feita para reduzir o número de aplicações de baixa qualidade e spam. Mas a decisão acabou  impactando um mercado muito mais amplo – incluindo as pequenas empresas, restaurantes, organizações sem fins lucrativos, organizações, clubes e outros que não têm a expertise in-house ou fundos para construir aplicativos personalizados a partir do zero.

 

A nova regra da Apple se destina a oferecer uma melhor clareza sobre que tipo de aplicativos vai e não vai ser aceito na App Store.

Antes, a diretriz 4.2.6 App Store tinha a seguinte declaração:

“4.2.6 Aplicativos criados a partir de um serviço de geração de modelo ou aplicativo comercializadas serão rejeitados.”

 

A empresa revisou e afirma agora:

“4.2.6 Aplicativos criados a partir de um serviço de geração de modelo ou aplicativo comercializado será rejeitada se for apresentado diretamente pelo provedor de conteúdo do aplicativo. Esses serviços não devem apresentar aplicações em nome de seus clientes e deve oferecer ferramentas que permitem aos seus clientes criar aplicativos personalizados, inovadores que oferecem experiências únicas dos clientes.

Outra opção aceitável para os provedores de modelo é criar um único binário para hospedar todo o conteúdo do cliente em um modelo “picker” agregadas ou, por exemplo, como um aplicativo de restaurante localizador com entradas personalizadas separadas ou páginas para cada restaurante cliente, ou como um aplicativo evento com entradas separadas para cada evento cliente.”
“Tradução livre”

Esta é a tentativa da Apple para esclarecer como ela pensa sobre aplicativos “templated”.

 

Cada empresa uma conta na App Store

A ideia é que, embora seja bom para pequenas empresas e organizações recorrer a um intermediário como as plataforma de criação de aplicativos, os responsáveis pelas plataformas de criação de aplicativos não devem ser aqueles que, em última instância, publicam esses aplicativos em nome de seus clientes.

Em vez disso, a Apple quer que cada aplicativo na App Store deve ser publicado pela empresa ou organização por trás do aplicativo. Isso significa que sua loja local pizzaria, sua igreja, seu ginásio, etc. precisa ter documentação e licenciamento de acordo com App Store, e participar mais ativamente no processo de publicação do aplicativo.

Apple no início de 2018 deve renunciar a taxa de desenvolvedor de US $99 dólares para todo o governo e organizações sem fins lucrativos (ONG) a partir dos EUA para tornar esta transição mais fácil.

Ainda é bom se um intermediário – A própria plataforma de criação de Aplicativos – ajuda-los nisso. Na verdade, a Apple não está realmente preocupado tanto sobre “como” o aplicativo é construído (contanto que não é uma página web envolto) – mas sim com o resultado final.

 

O que a Apple espera dos Aplicativos

Aplicativos precisam oferecer experiência de alta qualidade, a empresa insiste. Eles não devem todos parecem idênticos; eles não devem ser como clones uns dos outros. E, o mais importante, eles não devem ser como uma web ou servir apenas um site dentro de um App, de outra forma poderiam ser apenas o site da empresa ou sua página no Facebook.

Apps são destinadas a ser mais do que a web, oferecendo uma experiência mais profunda, mais rica, a Apple acredita nisso.

 

A política recentemente formulada da Apple fornece mais clareza sobre o assunto, mas ele realmente não modificar a sua intenção anterior da Apple.

Se o aplicativo é basicamente apenas um site, se ele se parece com outros aplicativos, então não perca tempo; a App Store não é para você.

Fonte: techcrunch.com

 

O Portal Apper já tinha sondado a verdadeira intenção da Apple sobre a diretriz 4.2.6 quando anunciada, ouvimos Appers, Desenvolvedores, a Apple e anunciamos para os Appers aquilo que agora esta claro, a Apple não esta preocupada como os Apps são criados mais sim com o resultado dele.

Então o nosso conselho aos Appers continua o mesmo, invista no design, na usabilidade, e propósito do seu App. Vise sempre o usuário, porque se o App não for útil ao usuário será para quem?

Sobre a questão de ter uma conta para cada aplicativo, nosso conselho é que se possível faça isso, se não, você até poderá colocar em sua conta todos os aplicativos de seus clientes, você só chamará a atenção da Apple quanto tiver uma quantidade alta de aplicativos na mesma conta. Seria bom você estar se organizando em suas negociações já introduzindo este custo ao cliente que deseja que seu App esteja publicado na App Store.

O Portal Apper continuara permitindo a publicação dos Apps em sua conta, mas após um tempo convidará a este Apper a obter sua própria conta na App Store para segurança de seus Aplicativos.

 

Equipe Portal Apper

 

Deixe uma resposta

Carrinho Item Removido. Desfazer
  • Não há produtos no carrinho.