As cores muito além da estética

A importância e simbolismo das cores nos Aplicativos

 

Antes mesmo das funcionalidades, os clientes são impactados primeiramente pelo design do aplicativo. Além da estar em sintonia com a identidade visual da empresa é fundamental que se estude atentamente as cores empregadas pois elas são responsáveis por reações instantâneas e até involuntariamente podem causar reações emocionais negativas no usuário. Uma boa escolha pode inclusive refletir um melhor posicionamento na App Store Optimization.

Milhares de estudos em diferentes momentos da história e com diversos enfoques já foram realizados sobre o impacto da cor na mente e outra pesquisa aponta que menos de 2% dos usuários leêm a descrição nas lojas de aplicativos. O texto a seguir é um compilado das melhores e mais fundamentadas práticas de agências digitais e desenvolvedores para você trabalhar bem a psicologia das cores em seu app.

Não confunda, contudo, as sugestões com regras – mesmo essas existem para serem quebradas – a ideia é melhorar o potencial dos aplicativos fornecendo elementos para uma construção visualmente mais rica.

UX First

Cada vez mais recorrente em textos sobre design “UX” se refere à experiência do usuário em contato com a plataforma ou dispositivo em questão. Como dito no início cores inadequadas podem levar o usuário, até mesmo subjetivamente, a abandonar o aplicativo.

Segundo Henrique Carvalho do Viver Blog 93% das pessoas avaliam as cores de um produto na hora de comprar, 84,7% acham que a cor é mais importante que outros fatores na hora da escolha e mais da metade dos consumidores desistem de comprar um produto porque ele não tem sua cor favorita. Cores com muito contraste geram poluição visual, o que certamente dificulta a utilização do aplicativo. Cores muito vibrantes são desconfortáveis para celulares. Para o ícone de um app o ideal é trabalhar com no máximo duas cores que devem ser visualmente harmônicas (veja quadro abaixo) com todo o aplicativo.

Harmonia Monocromática

Essa trabalha com a mesma cor, só que em vários tons, do mais escuro ao mais claro;

 

Harmonia Análoga

Essa harmonia usa três cores vizinhas entre si, sendo que você parte sempre de uma cor primária (vermelho, verde, amarelo e azul) e usa uma cor de um lado e uma de outro;

 

Harmonia Complementar

Usa duas cores opostas da roda. Trabalha com contrastes e cria um ambiente tendencialmente mais alegre;

 

Harmonia Triádica

Se você tem muita dúvida de qual cor escolher porque gosta de várias, opte por essa harmonia. Assim você consegue usar três cores diferentes, em suas nuances mais claras ou mais fortes, sem correr riscos. Para achar as cores certas, use um triângulo equilátero. As cores que combinam serão as correspondentes a cada ponta quando você girar o triângulo na roda;

 

Harmonia do Complemento Dividido

Essa harmonia trabalha com três cores, sendo duas opostas à primeira. Pra mim essa é a melhor harmonia, porque pega tons parecidos e ao mesmo tempo não deixa de fazer o contraste, sempre rende boas combinações! Dê preferência a uma cor quente e duas frias, como laranja com azul-violeta e azul-esverdeado;

 

Combinação de Cores:

 

Estes dois sites, flatuicolors e Adobe, ajudam muito na hora da escolha e combinação de cores.

Há ainda de se considerar o público alvo do aplicativo. Se ele for voltado predominantemente a um gênero específico leve em conta também as preferências. O azul é a cor favorita tanto para homens quanto para mulheres, no entanto a segunda colocada no ranking feminino, roxo, é a última na preferência masculina. Ambos consideram também que entre o castanho e o laranja estão as cores que menos encantam as pessoas. Em relação à percepção os homens têm maior preferência sobre cores brilhantes, enquanto as mulheres optam por cores suaves e pálidas, segundo a kissmetric.

Os botões são componentes essenciais dos apps mobile e são igualmente um dos elementos mais difíceis de se confeccionar. Antes da definição do desenho propriamente dito é vital prestar atenção ao tamanho, forma e espaçamento entre eles. Com apps criados a partir de plataformas essa preocupação é praticamente suprimida.

Procure utilizar as cores a seu favor, facilitando a interpretação e deixando o app mais instintivo. Bons desenhos fazem os usuários anteciparem as ações após cada clique. Tomadas de decisão mais agéis tornam a navegação mais agradável e diminuindo as chances de abandono do app.

Ações positivas dentro do app devem receber botões com cores mais contrastantes enquanto as negativas, médio contraste e as neutras, baixo contraste. Procure compor textos para os botões que tenham a ver com a personalidade do app, isso reforçará a o sentimento de comunicação individualizada.

Outro aspecto relevante dos botões é o posicionamento e ordem dos mesmos. Pense, avalie e reavalie. Veja se todos os passos são realmente necessários. No mobile a velha máxima “menos é mais” é vital, mas nunca se deve perder a fluidez da navegação. Não há uma solução única mas a regra dos 3 cliques – toda ação deve ser concluída em no máximo 3 cliques – é um bom ponto de partida.
Achar o limite é o diferencial.


Fontes:
www.viverdeblog.com
https://medium.com/@nic
https://growthtower.com/color-psychology-for-mobile-apps/
https://www.smashingmagazine.com/2017/01/underestimated-power-color-mobile-app-design/
https://blog.bufferapp.com/the-science-of-colors-in-marketing-why-is-facebook-blue
https://medium.com/thinking-design/10-ux-design-predictions-for-2018-54bebb8d9767
knelo/why-use-colour-branding-in-apps-a95deba49dae
https://coschedule.com/blog/color-psychology-marketing/

Deixe uma resposta

Carrinho Item Removido. Desfazer
  • Não há produtos no carrinho.